domingo, 26 de fevereiro de 2012

Para complementar o Quinhentismo!

Compartilho aqui alguns vídeos que considero ótimos estímulos para incrementar as aulas sobre o estilo literário denominado QUINHENTISMO! Espero que gostem! E quem tiver algum a mais para indicar, por favor, vou amar!

 

 

 

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Vídeo-aulas - Quinhentismo

 



Apesar de disponibilizar os vídeos acima, também bem bonzinhos, sobre o QUINHENTISMO, eu já separei os vídeos que eu pretendo passar para os meus primeiros anos na segunda-feira à noite, se for possível e se a escola já tiver providenciado um laptop para usar o data-show! Um deles é o que consta no excelente DVD entitulado "Literatura e outras linguagens", do Cereja, da Atual Editora, que, infelizmente, não encontrei no You Tube, e o outro foi um indicado no Curso de Aperfeiçoamento oferecido pelo Estado, que é este abaixo, dos Seminovos, que eu adoro! Fica aqui a dica!


quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Ampliando a leitura...

Eu sou APAIXONADA por todos os vídeos produzidos pela professora MARA RUTE, mas este aqui, em especial, que aborda a interpretação de charges, tirinhas, propagandas e poesia concreta, me marcou! Seleção ma-ra-vi-lho-sa de material, que vale a pena ser visto! Compartilho com vocês! Apreciem! Apesar de ainda faltar muuuuuuuuuuuuito, um dia ainda chego lá! (risos)

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Amém!


"Que as dificuldades que eu enfrentar ao longo do caminho 
não me roubem a capacidade de encanto..."
 
(Ana Jácomo)

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

A lenda das três árvores


    Havia, no alto da montanha, três pequenas árvores que sonhavam o que seriam depois de adultas. A primeira, olhando as estrelas, disse:
    -- Eu quero ser o baú mais precioso do mundo, cheio de tesouros. Para tal, até me disponho a ser cortada.
    A segunda olhou para o riacho e suspirou:
    -- Eu quero ser um grande navio para transportar reis e rainhas.
    A terceira árvore olhou o vale e disse:
    -- Eu quero ficar aqui no alto da montanha e crescer tanto que as pessoas, ao olharem para mim, levantem seus olhos e pensem em Deus.
    Muitos anos se passaram e, certo dia, vieram três lenhadores e cortaram as três árvores. Todas ficaram muito ansiosas em serem transformadas naquilo com que sonharam, mas lenhadores não costumam ouvir e nem entender sonhos! Que pena!
    A primeira árvore acabou sendo transformada num cocho de animais, coberto de feno. A segunda virou um simples e pequeno barco de pesca, carregando pessoas e peixes todos os dias. E, a terceira, mesmo sonhando em ficar no alto da montanha, acabou cortada em altas e resistentes vigas e foram colocadas de lado com em m depósito. E todas as três se perguntavam desiludidas e tristes com a surpresa que o destino lhes reservou: -- Para que isso?
    Mas numa certa noite, iluminada em sua plenitude pela luz do luar e das estrelas, onde havia mil melodias no ar, uma jovem mulher colocou seu neném recém-nascido naquele cocho de animais. E de repente a primeira árvore percebeu que continha o maior tesouro do mundo!
    A segunda árvore, anos depois, acabou transportando um homem que acabou dormindo no barco, mas, quando a tempestade quase afunda o pequeno barco, o homem se levantou e disse: -- Paz! E num relance a segunda árvore entendeu que estava carregando o Rei dos Céus e da Terra.
    Tempos mais tarde, numa sexta-feira, a terceira árvore se espantou quando suas vigas foram unidas em forma de cruz e um homem foi pregado nela. Logo, sentiu-se horrível e cruel, mas,no domingo, o mundo vibrou de alegria e a terceira árvore entendeu que nela havia sido pregado um homem que fora destinado para a Salvação da Humanidade e que as pessoas sempre se lembrariam de Deus e de Seu Filho Jesus Cristo ao olharem para ela.
    As árvores tinham tido sonhos, mas as realizações foram mil vezes melhores do que aqueles sonhos que tiveram tempos atrás.
(Autor desconhecido)

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

A cenoura, o ovo e o café

Uma filha se queixou a seu pai sobre sua vida e de como as coisas estavam difíceis para ela.  Ela já não sabia mais o que fazer e queria desistir. Estava cansada de lutar e combater.  Parecia que assim que um problema estava resolvido um outro surgia. Seu pai, um "chef", levou-a até a cozinha dele. 

Encheu três panelas com água e colocou cada uma delas em fogo alto. Logo as panelas começaram a ferver. Numa ele colocou cenouras, noutra colocou ovos e, na última, pó de café. Deixou que tudo fervesse, sem dizer uma palavra. A filha deu um suspiro e esperou impacientemente, imaginando o que ele estaria fazendo.

Cerca de vinte minutos depois, ele apagou as bocas de gás. Pescou as cenouras e colocou-as numa tigela. Retirou os ovos e colocou-os em outra tigela. Então pegou o café com uma concha e colocou-o numa xícara. Virando-se para ela, perguntou:

- Querida, o que você está vendo? 


- Cenouras, ovos e café - ela respondeu.

Ele a trouxe para mais perto e pediu-lhe para experimentar as cenouras.  Ela obedeceu e notou que as cenouras estavam macias. Então, pediu-lhe que pegasse um ovo e o quebrasse.  Ela obedeceu e depois de retirar a casca verificou que o ovo endurecera com a fervura. Finalmente, ele lhe pediu que tomasse um gole do café.  Ela sorriu ao provar seu aroma delicioso.  Ela perguntou humildemente:

- O que isto significa, pai?

Ele explicou que cada um deles havia enfrentado a mesma adversidade, água fervendo, mas que cada um reagira de maneira diferente. A cenoura entrara forte, firme e inflexível. Mas depois de ter sido submetida à água fervendo, ela amolecera e se tornara frágil. Os ovos eram frágeis. Sua casca fina havia protegido o líquido interior. Mas depois de terem sido colocados na água fervendo, seu interior se tornou mais rijo. O pó de café, contudo, era incomparável. 


Depois que fora colocado na água fervente, ele havia mudado a água.

- Qual deles é você? - ele perguntou à sua filha.

Quando a adversidade bate à sua porta, como você responde? Você é uma cenoura, um ovo ou um pó de café? 


  (Autor Desconhecido)

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Acolhimento 2012!!!

Tentei acolher todas as minhas turmas, das três escolas, usando estes três pequenos vídeos ("Convivência", "O menino e a árvore" e "O poder das palavras") e o resultado foi interessante e acho que bem empolgante, graças a Deus!!! 

 


 

Nas minhas turmas de Redação, na nova escola, pedi, ainda, que produzissem um texto em cima do tema: "Tudo que é preciso saber sobre mim" e estou, até agora, gostando muito do resultado... Muito bom ter a chance de, através de tais produções, detectar por onde começar para ajudá-los e, de quebra, conhecer um pouquinho mais de cada um! 

Obrigada, Senhor, por cada turma que tenho, por cada aluno, por cada colega, porque sei que tudo tem um porquê... e NINGUÉM está no nosso caminho por acaso e sim pela Sua Vontade!!! Que a convivência seja tranquila, respeitosa, que tenhamos espírito de UNIÃO, de parceria e que saibamos fazer sempre a diferença!!!

Exercícios - Orações Subordinadas Adjetivas

01) Divida e classifique as orações abaixo:

a) Duro é o sofrimento que nasce do vício.
b)  A água, que é incolor, é indispensável.
c) Comprei um papagaio que fala muito.
d) Deus, que é o pai de todos, sabia da luta que ele tivera.
e)  As pessoas que fingem não são dignas de confiança.
f)  Há coisas que nos comovem.
g) O vulcão, que parecia extinto, voltou a dar sinal de vida.
h)  É teu tudo quanto aqui existe.
i)  Os bois da região, que contraíram febre aftosa, serão examinados.
j)  O livro que li é muito bom.
k) A Lua, que é satélite da terra, inspirou muitos poetas.
l) A neve, que é fria, provocou a morte da vegetação.
m) Infeliz é o homem que não age honestamente.
n) Os homens que tem seu preço são fáceis de corromper.
o) Os idosos, que gostam de dançar, se divertiram muito.
p) O professor indicou os livros que deviam ser lidos.
q) Conhece a casa onde moro?
r)  Espinhosa é a estrada por onde passamos.
s) João, que era bom aluno, está desempregado.
t) Todos adoram espelhos que se deformam.
u) Os carros que não tiverem placa serão multados. 
v) O homem, que é um ser mortal, tem uma missão sobre a Terra.
w) Os alunos que chegarem atrasados serão advertidos.
x) A vida, que é curta, deve ser bem aproveitada. 
y) A perseverança, que é a marca dos fortes, leva a sucessos na vida. 
z) Quero somente as fotos que saírem perfeitas.

aa) Pedra que rola fica lisa.
bb) Os imigrantes, que buscavam novas terras, viveram situações difíceis.
cc) As casas que eu visitei são em estilo barroco.
dd) A Quaresma, que é uma festa religiosa, representa a ressurreição de Cristo.
ee) As músicas, cujas letras Juliana estranhou, são do Carnaval.
ff) O extraterrestre a que me refiro chama-se Arc.
gg) A imagem que apresenta cores fortes é de grande beleza.
hh) Eu escolhi os alunos que são interessados no estudo.
ii) A cidade a qual visitamos é linda!
jj) As nuvens que cortavam o céu eram tão azuis!
kk) O jogador de futebol que se machucou não voltou ao campo.
ll) Este é o livro de que lhe falei.
mm) O local onde os deputados trabalham tem uma decoração luxuosa.
nn) O parque, que está todo florido, foi obra de um paisagista famoso.
oo) O futebol, que é o esporte do povo, traz muitas alegrias e muitas decepções.
pp) O homem que trabalha merece recompensa.
qq) O aluno que se esforça aprende.
rr) Os adolescentes que estavam fantasiados desceram a avenida.
ss) Os adolescentes, que estavam fantasiados, desceram a avenida.